IMPLANTE E PRÓTESE NOS DENTES: ENTENDA A DIFERENÇA

4 minutos para ler

Você perdeu um ou mais dentes? Temos ciência do quanto é desagradável ter esse ou qualquer tipo de problema bucal. Contudo, se está em busca de uma solução, saiba que ela existe. Você pode colocar implante ou prótese nos dentes. Que tal conhecer em detalhes cada um desses procedimentos odontológicos?

Continue a leitura e entenda, neste post, o que é implante e prótese dentária, os tipos existentes, a diferença entre ambos e qual o procedimento mais indicado para cada caso.

O que é implante dentário?

Os implantes são pinos de metal — em geral, feitos de titânio — inseridos na região do maxilar para substituir a raiz do dente perdido devido à queda ou a extração dentária. Com a realização desse procedimento cirúrgico, são sanados problemas mastigatórios e até na fala.

Há diferentes tipos de implantes nos dentes, tais como:

  • implante unitário: recomendado no caso da perda de um ou poucos dentes não sequenciais;
  • implante duplo: indicado no caso da perda de três dentes consecutivos;
  • implante com prótese protocolo: usa de quatro a oito pinos para sustentar uma prótese fixa total;
  • implante com prótese overdenture: usa de dois a seis pinos sobre os quais é encaixada a prótese total, que pode ser retirada;
  • implante zigomático: o pino é fixado no osso zigomático (maçã do rosto), o que dispensa o enxerto ósseo. É recomendado nos casos de atrofia maxilar severa.

O que é prótese dentária?

A prótese dentária é uma estrutura confeccionada para substituir um ou mais dentes perdidos. Para além de devolver a função mastigatória e auxiliar a fala, ela é essencial por garantir uma excelente estética bucal, contribuindo para o aumento da autoestima dos pacientes.

Os tipos de próteses nos dentes são os seguintes:

  • prótese total, popularmente chamada de dentadura;
  • prótese removível, isto é, pode ser retirada para ser higienizada;
  • próteses fixas, que podem ser colocadas sobre dentes ou implantes, a depender da opção do paciente.

Qual a diferença entre implante e prótese nos dentes?

Agora que você está a par de cada procedimento, saberia responder qual a diferença entre implante e prótese nos dentes? Vamos lá. Enquanto o primeiro se trata de um elemento introduzido na região do maxilar, a fim de substituir a raiz dentária, o segundo tem o objetivo não apenas funcional, mas também estético, pois repõe o dente perdido. Entretanto, ambos podem estar associados, como no caso do implante com prótese overdenture. Ficou claro?

Qual o procedimento mais indicado para cada caso?

Então, devo optar pelo implante ou prótese nos dentes? Se você se faz essa pergunta, saiba que a resposta varia de paciente para paciente. Fatores como a idade, presença de problemas bucais e até doenças sistêmicas (diabetes, por exemplo) influenciam a escolha. Logo, é preciso avaliar a melhor alternativa junto com o médico.

Em geral, o implante é recomendado para pessoas mais jovens, pois ele proporciona uma maior segurança mastigatória. Contudo, é preciso uma determinada quantidade de ossos na região maxilar para a fixação dos pinos. Do contrário, só será possível a colocação da prótese dentária.

Neste post, você aprendeu a diferença entre implante e prótese nos dentes. Caso sofra com a perda dentária, não deixe de procurar um profissional especializado para fazer uma avaliação e indicar o tratamento mais adequado. Assim, terá de volta qualidade de vida, além de uma aparência bucal bonita e atrativa.

Gostou do que leu? Se sim, aprofunde-se mais sobre o assunto e saiba quais são as diferenças entre implante dentário e prótese fixa!

The following two tabs change content below.
Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-